Artigos

Diabetes: como identificar e prevenir a doença?

14/11/18 • Por Fabrício Hampshire, neurologista e médico rotina do Hospital Placi

No Dia Mundial do Diabetes, que tem 14 de novembro como um marco de conscientização, é importante chamar atenção para a importância da prevenção e do tratamento adequado da doença, que está relacionada a fatores genéticos e também ao estilo de vida.

“Dentre os tipos, destacamos o tipo 1, cujo início é mais comum na infância e adolescência, e o tipo 2, tipo mais comum e que acomete mais adultos e idosos”, explica o Dr. Fabrício Hampshire, neurologista e médico rotina do Placi. Para o médico, fazer atividade física regular, manter o peso adequado, alimentar-se de forma adequada evitando produtos industrializados, e manter o acompanhamento médico regular são práticas fundamentais para prevenir a doença. Leia a entrevista completa com o especialista:

  1. O que diferencia o diabetes tipo 1 do diabetes 2?

Diabetes Mellitus é uma doença metabólica em que há um nível elevado de glicose no sangue (hiperglicemia). Essa alteração costuma ocorrer por uma secreção inapropriada de insulina ou resistência periférica a esse hormônio (a insulina funciona com uma chave que permite que a glicose entre nas células como alimento). Dentre os tipos destacamos o tipo 1, cujo início é mais comum na infância e adolescência, e o tipo 2, tipo mais comum e que acomete mais adultos e idosos. O DM tipo 1 tem forte componente genético e comportamento autoimune pois o próprio organismo agride as células pancreáticas que produzem a insulina, enquanto o tipo 2, apesar da predisposição familiar, apresenta fatores de risco como obesidade, sedentarismo, dentre outros fatores.

  1. Quais os primeiros sinais do diabetes?

As manifestações são variadas mas existem sinais comuns que podemos destacar, como fome exagerada (polifagia), muita urina (poliuria) e muita sede (polidipsia). Dentre outras possibilidades, destacamos o aumento da frequência da micção noturna (nocturia) e a perda de peso. Muitas vezes, o DM é assintomático no início, e a pessoa só descobre que tem a doença depois que orgãos-alvo são acometidos (cérebro, coração e rins, principalmente).

  1. Cite as principais complicações decorrentes do diabetes?

As complicações ocorrem por danos em tecidos e orgãos-alvo: cérebro (AVC, demência), coração (infarto do miocárdio), rins (insuficiência renal), retina (cegueira), vasos (causando amputações, entre outras complicações) e nervos periféricos (polineuropatia).

  1. De que forma a doença pode ser controlada?

Acompanhamento médico preventivo regular. Se a doença for diagnosticada, além do acompanhamento médico que irá prescrever medicamentos que vão controlar a glicemia, também é importante o acompanhamento nutricional e atividade física regular.

  1. Como prevenir o diabetes?

Atividade física regular, manter peso adequado, alimentar-se de forma adequada evitando produtos industrializados, e manter o acompanhamento médico regular.